fbpx
Releases

Viagem da Cruz ao Teto do Mundo

Se é daquele tipo de pessoa curiosa, que gosta de aprender de tudo um pouco, principalmente quando o assunto é religião, política, dinastia, tramas, diálogos, oriente médio, tolerância e intolerância, educação religiosa, cristianismo e enfrentamentos físicos e ideológicos, então a obra a “Viagem da Cruz ao Teto do Mundo” é perfeita para você.

Escrita por Bruna Soalheira, pesquisadora com larga experiência no tema e professora e pesquisadora de pós-doutorado junto a pós-graduação em História da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, a obra oferece a oportunidade única de entender de forma criativa e envolvente como se deu a influência do cristianismo na dinastia Mongol, especialmente na região do Tibete. Acompanhe!

Estrutura da obra

O livro está dividido em quatro capítulos. No primeiro, a pesquisadora se debruça sobre a história da expansão territorial no oriente na época do início da modernidade, como ela mesmo indica.

A ideia é oferecer ao leitor uma introdução sobre como se deu o processo de expansão territorial, as invasões e como foi o encontro estes e os cristãos, intitulados pela pesquisa como religiosos da Companhia de Jesus.

No segundo, Bruna Soalheira traz relatos de historiadores que apontam como se deram as missões dos religiosos da Companhia de Jesus em solo Mongol. Tais empreendimentos foram marcados pelo diálogo, persuasão e enfrentamentos religiosos e políticos entre os cristãos, hindus, muçulmanos e budistas.

O segundo é parte introdutória do terceiro e quarto capítulos. São nestes que a estudiosa vai relatar com aprofundamento como ocorreu as duas missões da Companhia de Jesus pelo território Mongol, principalmente pelo Tibete. Região altamente disputada pelos grupos religiosos na época.

É nesse momento que a autora lança um olhar sobre as experiências de diálogo ocorrido entre os grupos no Tibete, a tolerância e as negociações travadas.

Pontos positivos da obra

O livro se destaca pela maturidade intelectual da autora com relação ao assunto abordado e pela inovação. Afinal, encontram-se hoje poucas obras que dialogam com o tema em questão.

Por isso, merece ser lida e relida quantas vezes forem necessárias, pois ela é ouro para quem busca entender não só o assunto central, mas também temas que marcaram toda uma época, como: religião, política, guerra, influência religiosa, diálogo intercultural etc.

Além disso, possui uma linguagem de fácil leitura, o que torna o processo de aprendizagem e reflexão ainda mais eficiente e ágil.

Para quem a obra é indicada?

Ela é indicada para pesquisadores, curiosos, amante da história da Ásia e do oriente médio, professores, alunos, entre outras pessoas que desejam aprender, como já foi dito, de tudo um pouco.

Pode-se dizer que o livro a “Viagem da Cruz ao Teto do Mundo” é mais do que apenas um objeto produzido pela ciência e esforço intelectual da autora, configura-se como uma história envolvente e criativa que prende o leitor do início ao fim. Assim, foge das amarras burocráticas científicas que, como se sabe, são chatas e pouco envolventes.

Por que não aproveita o momento para comprar a sua edição?

Loja: http://bit.ly/2Xq6BWX

Fundada em 2009, é uma editora voltada para a publicação de conteúdos científicos de pesquisadores; conteúdos acadêmicos, como teses, dissertações, grupos de estudo e coletâneas organizadas, além de publicar também conteúdo técnico para dar suporte à atuação de profissionais de diversas áreas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *