fbpx
Dicas_de_escrita_2
Conteúdos Paco,  Serviço

Uso de Haver-Fazer e Haver-Existir

O que vamos ver agora é a forma correta de utilizar os verbos haver, fazer e existir, que podem gerar confusões na hora de colocar em prática, seja na escrita ou na fala. Vamos lá?

Haver e Fazer

Estes dois verbos são impessoais, o que quer dizer a não utilização de um sujeito. Na forma impessoal, é quando o verbo haver apresenta o sentido de existir. Veja alguns exemplos da utilização deste verbo:

Estes dois verbos são impessoais, o que quer dizer a não utilização de um sujeito. Na forma impessoal, é quando o verbo haver apresenta o sentido de existir. Veja alguns exemplos da utilização deste verbo:

  • Havia muitas pessoas no evento
  • Houve discussões
  • Há pessoas esperando atendimento
  • Havia uma sala disponível
  • Há uma semana que ele não vai para a escola
  • Houve bons argumentos

Já o verbo fazer na sua forma impessoal indica um fenômeno natural ou um tempo decorrido. Como veremos abaixo:

  • Faz um ano que ela se mudou
  • Fazia anos que isso não acontecia
  • Faz muito frio na minha cidade
  • Faz duas horas que estou aguardando
  • Vai fazer dez anos que não o vejo
  • Me mudei faz dois meses

Haver e Existir

Estes dois verbos transmitem o mesmo significado, mas podem confundir pelos comportamentos distintos que geram, já que o verbo “haver” pode atuar como verbo impessoal, como já vimos anteriormente, mas o verbo “existir” não. Isso significa que enquanto o verbo haver é conjugado apenas na terceira pessoa do singular, o existir pode ser flexionado, conforme o sujeito da frase, seja em número, plural ou singular.

Vejamos outros exemplos de utilização do verbo haver:

  • Havia tarefa para fazer
  • Haverá tempo suficiente
  • Há crianças na escola
  • Houve erros alarmantes

E agora o verbo existir nas suas variadas formas de flexão:

  • Existe um lugar muito bonito na cidade
  • Existiu uma bela casa naquele terreno
  • Existem várias pessoas que te admiram
  • Existem várias pessoas que te admiram

Vale ressaltar que principal a diferença entre esses dois verbos é justamente a sua conjugação, como vemos nessas frases a seguir:

  • Há três cachorros naquela casa – Existem três cachorros naquela casa
  • Houve dois moradores no apartamento – Existiram dois moradores no apartamento
  • Havia quatro árvores aqui – Existiam quatro árvores aqui

Outros benefícios de utilizar as palavras nos contextos certos. Uma boa escrita e oralidade correta, quando é preciso falar em público, seja na apresentação de trabalhos em ambientes de estudo ou reuniões de trabalho, por exemplo, tornam-se uma questão fundamental. Afinal de contas, defender argumentos, apresentar ideias e difundir conhecimento ganham qualidade e geram confiança se feitos com uma linguagem de qualidade.

Gostou? Acompanhe nosso blog para ficar por dentro de mais conteúdos como esse.

Fundada em 2009, é uma editora voltada para a publicação de conteúdos científicos de pesquisadores; conteúdos acadêmicos, como teses, dissertações, grupos de estudo e coletâneas organizadas, além de publicar também conteúdo técnico para dar suporte à atuação de profissionais de diversas áreas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.