fbpx
Fatos_blog
Conteúdos Paco,  Paco na Imprensa

UFRR inaugura repositório digital para produções científicas e etnoculturais indígenas

Um repositório digital voltado para produções acadêmicas, científicas e etnoculturais indígenas, foi inaugurado no Instituto Insikiran de Formação Superior Indígena da Universidade Federal de Roraima (UFRR). Segundo a instituição, a base de dados é a primeira deste tipo no Brasil. A informação foi divulgada nessa sexta-feira (4).

Repositórios são bases de dados on-line que reúnem a produção acadêmica de uma instituição ou área temática. O repositório do Insikiran concentrará a produção acadêmica, científica e etnocultural da unidade em um único local, com monografias, dissertações, e-books, dicionários digitais de línguas indígenas, materiais técnicos e educativos e outros saberes etnoculturais em formato digital.

A base de dados foi desenvolvida pelo aluno de mestrado Elton Bentes Neves do Programa de Pós-graduação em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação (PROFNIT/UFRR).

A entrega do produto digital ao Insikiran aconteceu no dia 28 de fevereiro. Participaram o reitor da UFRR, professor José Geraldo Ticianeli, e representantes do PROFNIT e da Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI) da UFRR.

Conforme a UFRR, a iniciativa servirá como ferramenta para proteger, preservar, organizar, divulgar e disseminar os saberes científicos e etnoculturais dos povos indígenas de Roraima. O acesso ao repositório será aberto e gratuito a todos.

“Espera-se que este instrumento tenha uma vida infinita e receba o devido suporte quanto aos avanços tecnológicos contínuos. A missão é produzir, integrar e socializar”, disse Elton Bentes Neves, desenvolvedor do repositório.

Elton, que além de mestrando no Programa de Pós-graduação em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação (PROFNIT) é bibliotecário da UFRR.

Além da preservação, o repositório é a garantia dos devidos créditos aos conhecimentos tradicionais indígenas, que são transmitidos a cada geração desses povos.

O produto tecnológico, na concepção do professor Eliseu Sandri, diretor pró-tempore do Insikiran e orientador do aluno Elton, “representa uma grande conquista dos povos indígenas de Roraima frente a um canal privilegiado para equalização de acesso/uso para interagir com mundo das mídias digitais em plena era do conhecimento”. A previsão é que o acesso público ao repositório seja liberado a partir de março deste ano.

Fonte: G1 Roraima

Achou interessante? Acesse aqui para saber mais.

Fundada em 2009, é uma editora voltada para a publicação de conteúdos científicos de pesquisadores; conteúdos acadêmicos, como teses, dissertações, grupos de estudo e coletâneas organizadas, além de publicar também conteúdo técnico para dar suporte à atuação de profissionais de diversas áreas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.