fbpx
A_importância_da_infraestrutura
Conteúdos Paco,  Serviço

A importância das infraestruturas

As infraestruturas são fundamentais para qualquer sociedade, pois permitem que as relações entre pessoas aconteçam, sejam para interesses pessoais ou no âmbito dos negócios. Os países buscam organizar seus territórios com infraestruturas adequadas, para que os fluxos de pessoas, produtos e informações possibilitem o bem estar dos cidadãos.

Para a construção de um país organizado e justo socialmente, é importante que as infraestruturas sejam construídas para atender o maior número possível de interesses e necessidades. A forma como elas devem ser construídas começa com um bom planejamento. Os estudos técnicos devem privilegiar os interesses do país a médio e longo prazos, considerando que as realidades sociais e econômicas irão mudar com o passar do tempo.

A organização adequada das infraestruturas no território também deve ser considerada, pois possibilita distribuir benefícios e evitar o grande problema da desigualdade regional que normalmente existe em qualquer país. Com infraestruturas de qualidade e distribuídas pelo território, as pessoas podem ser atendidas de forma adequada independente da região em que escolheram para morar e trabalhar.

O papel do público e do privado no processo de elaboração dos planos deve ser o mais transparente possível. As necessidades de todos os interessados devem fazer parte do planejamento das infraestruturas, tendo o coletivo como objetivo central em detrimento do individual.

É importante que o uso das infraestruturas esteja muito bem definido no momento em que são definidos. O aparato regulatório deve explicitar de forma clara como será a participação dos diferentes usuários e interessados. As infraestruturas não podem ser utilizadas ou geridas como se seu administrador fosse o dono e o maior beneficiado. O cidadão deve sempre ser a prioridade e ser considerado o usuário mais importante.

Texto de Vitor Pires Vencovsky

Achou interessante? Confira abaixo o livro disponível em nosso catálogo:

A obra Ferrovias do agronegócio: avaliação das políticas públicas e privadas do sistema ferroviário brasileiro apresenta como se deu o processo de privatização das ferrovias no Brasil, a partir da análise de políticas públicas e privadas que subsidiaram a reestruturação do sistema ferroviário.

Organizado em quatro partes, o livro apresenta, também, os efeitos que essa mudança (de um sistema ferroviário estatal para um sistema privado e regulado pelo Estado) provocou, considerando a logística, a infraestrutura e a regulação de transportes e ferrovias nacionais.

COMPRAR

Gostou? Continue acompanhando o blog para mais!

Livros com 40%OFF

Fundada em 2009, é uma editora voltada para a publicação de conteúdos científicos de pesquisadores; conteúdos acadêmicos, como teses, dissertações, grupos de estudo e coletâneas organizadas, além de publicar também conteúdo técnico para dar suporte à atuação de profissionais de diversas áreas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.