fbpx
Releases

Uma Justiça que Seduz?

O livro “Uma Justiça Que Seduz? – Ofensas Verbais e Conflitos Comunitários em Minas Gerais (1854-1941)” é uma versão modificada da tese de doutorado do historiador Deivy Ferreira Carneiro, defendida na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

O resultado é uma contribuição única para a historiografia, isto é, um estudo de quase cem anos de história no qual Deivy convida o leitor a refletir sobre o papel das normas sociais e dos valores na vida dos indivíduos. Além disso, o autor apresenta ideais de como tais indivíduos buscam reparação por danos sofridos, seja na violência ou perante a Justiça.

Com base em um trabalho rico em fontes e documentos em uma região periférica, no qual há o entrecruzamento da História Social, Cultural e das Instituições, o autor leva o leitor a pensar de forma profunda sobre como homens e mulheres reagiam quando eram vítimas dos mais variados tipos de injúrias e insultos.

Deivy também examina minuciosamente a relação entre os agressores e as vítimas, assim como entre o povo e as instituições judiciais; relação que envolve violência, negociação, defesa da reputação e desejo de reparação. Isso nos leva a mergulhar em uma sociedade mobilizada em torno de valores compartilhados de maneira racional e pragmática, embora aparentem ser passionais.

O uso de uma linguagem ao mesmo tempo leve e densa, aliado às fontes bibliográficas, tanto nacionais quanto internacionais, faz da obra um excelente instrumento de análise dos valores e aspirações que rodeiam as pessoas comuns.

O livro contém 368 páginas, sendo dividido em seis capítulos: Capítulo 1 – As ofensas verbais em Juiz de Fora: a linguagem de negócios e de gênero; Capítulo 2 – Experiências cotidianas da população de Juiz de Fora: moradia, propriedade e trabalho; Capítulo 3 – O tribunal e seus casos: um perfil dos processos e dos envolvidos; Capítulo 4 – O perfil social dos réus e o status das vítimas; Capítulo 5 – Elementos externos ao processo influenciavam nos resultados dos julgamentos dos crimes de calúnia e injúria?; Capítulo 6 – O crescimento e o declínio das ofensas verbais em Juiz de Fora.

Sobre o autor

Deivy Ferreira Carneiro graduou-se em História pela Universidade Federal de Juiz de Fora em 2001. Em 2004, recebeu o título de Mestre e, em 2008, o título de Doutor, ambos em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde também realizou pós-doutorado júnior.

Além disso, o autor do livro realizou pós-doutorado na França entre 2013 e 2014, na Université Paris 1 – Panthéon Sorbonne. Dedica-se ao estudo e à investigação da História do Crime e da Violência, assim como da micro-história italiana.

Atualmente, Deivy atua na Universidade Federal de Uberlândia (UFU) como Professor Adjunto do Instituto de História e do Programa de Pós-graduação em História.

Fundada em 2009, é uma editora voltada para a publicação de conteúdos científicos de pesquisadores; conteúdos acadêmicos, como teses, dissertações, grupos de estudo e coletâneas organizadas, além de publicar também conteúdo técnico para dar suporte à atuação de profissionais de diversas áreas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *