fbpx
Fatos_blog
Conteúdos Paco,  Paco na Imprensa

UENP lança Desata, projeto de inovação e extensão tecnológica para produtores rurais

Com o propósito de atender soluções emergenciais demandadas dos agricultores no campo, o Núcleo de Investigação em Tecnologia de Aplicação e Máquinas Agrícolas (NITEC) da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), em parceria com a empresa Juma-Agro Tecnologias para Altas Produtividades, dão início ao projeto de extensão Desata (Decisão Sustentável Avançada em Tecnologia de Aplicação). A ação irá beneficiar agricultores do Paraná, Mato Grosso, Minas Gerais e Goiás.

O professor da UENP e coordenador do Desata, Rone Batista, destaca que, por meio do projeto, tudo o que é realizado em laboratório será levado para o campo, diretamente para os agricultores. “Nós vivemos pesquisando e estudando para que o nosso conhecimento seja extrapolado e possa contribuir com as pessoas. Queremos levar essa experiência de laboratório para o campo. A intenção do projeto é ter demonstrações, ser dinâmico, para tirar todas as dúvidas dos participantes”, explica.

Durante o evento de lançamento, na semana passada, foi apresentada uma experiência de como funcionará o projeto. Uma delas é um carro itinerante que fará visitas às propriedades dos agricultores. Ele tem um laboratório móvel com um sistema de análise de imagem para o agricultor acompanhar visualmente como trabalhar as técnicas corretas no campo.

“Por que esse projeto é inovador? Nós estamos levando todo um laboratório para o campo, tudo o que existe de tecnologia de aplicação está dentro da van ao alcance dos agricultores”, explica Rone.

O projeto é coordenado pela equipe de engenheiros agrônomos Rone Batista de Oliveira, professor da UENP; Anderson Souza de Jesus, gestor do projeto Juma-Agro; e os instrutores de campo João Victor Campo e José Gabriel Castilho Theodoro.

Fonte: Governo do Estado do Paraná

Gostou? Clique no link para ter mais detalhes do projeto.

Fundada em 2009, é uma editora voltada para a publicação de conteúdos científicos de pesquisadores; conteúdos acadêmicos, como teses, dissertações, grupos de estudo e coletâneas organizadas, além de publicar também conteúdo técnico para dar suporte à atuação de profissionais de diversas áreas.

Um comentário

  • Ricardo

    Boa tarde! Quero conhecer mais sobre o projeto, pois não ficou claro no texto que é direcionado o será feito pelo projeto para Agricultores.
    Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.