fbpx
Agenda_blog
Conteúdos Paco,  Paco na Imprensa

Universidade na Espanha oferece 128 bolsas para graduação e pós-graduação

A Universidade de Jaén, da Espanha, está recebendo inscrições para seu programa de atração de talentos internacionais para graduação e pós-graduação 2022. O programa concederá 108 bolsas de graduação e 20 bolsas de mestrado a alunos estrangeiros que desejem cursar o ensino superior em algum dos programas disponíveis na universidade.

Jaén é uma das universidades internacionais que recebem estudantes brasileiros via Enem

Como funcionam as bolsas?

As bolsas cobrem integralmente o custo da graduação escolhida pelo estudante e incluem também um subsídio anual que pode ser usado para ajudar a custear gastos, como passagens aéreas, acomodação e alimentação, embora a universidade informe que ele não é suficiente, por si só, para os custos de vida na cidade.

Os bolsistas também terão cobertas despesas com seguro de saúde e repatriação. E, finalmente, alunos brasileiros também terão direito a um curso gratuito de espanhol – embora seja necessário ter algum conhecimento do idioma para se candidatar. Os programas de bolsas incluem:

  • Cobertura de 100% das despesas de inscrição dos créditos necessários para aprovação no programa escolhido;
  • Taxas de inscrição para um curso completo;
  • Seguro saúde (doença/hospitalização), repatriamento, acidentes e responsabilidade civil que custe até 190 euros durante o período de validade da bolsa;
  • Subsídio anual de 2.200 euros por ano por aluno de graduação e 3.000 euros por ano para o mestrado. O valor deve ser gasto com alojamento e/ou despesas de subsistência;
  • Cursos de espanhol gratuitos, no caso de alunos não falantes de espanhol, bem como custos de deslocamento entre campi necessários.

Quem pode se candidatar?

Para poder se candidatar às bolsas de graduação, é necessário já ter concluído o ensino médio (ou concluí-lo até setembro de 2022) e ter boas notas. A universidade informa que exige dos candidatos uma média de 7 pontos (em escala de 1 a 10) em seu último ano de estudos.

Além disso, de acordo com este documento da universidade (disponível aqui), 5 das bolsas serão reservadas para alunos brasileiros que tenham realizado o Enem. Mas, mesmo nesse caso, a exigência de desempenho escolar se mantém.

Para as bolsas de mestrado, os requisitos são semelhantes. É preciso já ter concluído os requisitos acadêmicos exigidos pelo curso de mestrado escolhido, com média de 7 pontos (de 10 pontos possíveis).

Nos dois casos, é necessário comprovar proficiência em espanhol para poder se candidatar. Isso pode ser feito por exames como o DELE ou o SIELE. Na graduação, a universidade não informa o nível mínimo de conhecimento necessário. Mas para o mestrado, o edital informa ser recomentado comprovar nível equivalente ao B2 no Quadro Comum Europeu de Referência.

A única exceção é a graduação em Administração e Direção de Empresas. Para esse curso, é necessário comprovar conhecimento do idioma inglês.

De acordo com o site da universidade, será dada preferência aos alunos que comprovarem conhecimentos de espanhol, para os programas ministrados na língua, e aos alunos que comprovem conhecimentos de inglês, para os candidatos ao mestrado em Engenharia de Telecomunicações.

Como se candidatar às bolsas integrais na Espanha?

A candidatura para as bolsas de graduação pode ser feita por meio do link aqui. Para as bolsas de mestrado, o link é este aqui. Nos dois casos, é necessário preencher o formulário online e fazer upload de documentos para acompanhar a candidatura.

Os documentos exigidos são:

  • Cópia do passaporte;
  • Histórico escolar / acadêmico;
  • Comprovante de proficiência no idioma estrangeiro.

Mais informações sobre as bolsas de graduação podem ser vistas neste link. Para ver mais sobre as bolsas de mestrado, o link é este. Para as candidaturas ao mestrado, as inscrições devem ser feitas até o dia 4 de abril, para os alunos de graduação, o prazo é o dia 5 de abril.

Fonte: Uol Economia

Achou interessante? Clique aqui para saber mais.

Fundada em 2009, é uma editora voltada para a publicação de conteúdos científicos de pesquisadores; conteúdos acadêmicos, como teses, dissertações, grupos de estudo e coletâneas organizadas, além de publicar também conteúdo técnico para dar suporte à atuação de profissionais de diversas áreas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.