fbpx
inclusão_na_geografia
Conteúdos Paco,  Serviço

Inclusão na Geografia

Os desafios do ensino de Geografia no contexto de inclusão continuam amplos e complexos. A Educação deforma geral, precisa pensar, o tempo todo, em como ser mais inclusiva, pois a regra na sociedade humana, até agora, é excluir.

Especialmente a Geografia, como um componente curricular da Educação Básica, seja no Ensino fundamental ou no Médio, precisa se preocupar em ser entendível para todos, pois seu objetivo maior é a formação de cidadãos críticos. Para isso é necessário ler e interpretar o mundo em que se vive, seja com suas interações mais próximas ou com suas realidades mais distantes, mas que juntas constituem o tempo presente, influenciando e sendo influindo sempre. Mas, como ensinar questões que envolvem observar, analisar paisagens, ler, ouvir e falar com pessoas cegas, surdas ou com deficiência intelectual?

Durante muito tempo, no caso do Brasil, há mais de quatro séculos, a escola foi direcionada apenas para algumas poucas pessoas, por isso mesmo, ela rejeitava todos os indivíduos que não cumprissem o padrão. Este pensamento ainda reverbera no senso comum entre educadores e sociedade, mas, desde a Constituição de 1988, todas as pessoas passaram a ter direito à Educação. Este direito repercutiu em outras leis e resoluções o que foi caminhando, muito devagar, ao que hoje se denominam de Escolas Inclusivas. Com a Inclusão, o que antes da lei obrigava o estudante a se adequar à escola, agora é a escola que precisa se adaptar para receber o estudante, e fornecer a ele todo o apoio necessário para que ocorra a aprendizagem.

A Geografia na perspectiva inclusiva se preocupa em ministrar aulas que sejam compreensíveis para todos, utilizando de diferentes recursos e, principalmente, respeitando o potencial de cada um.

Confira abaixo o livro sobre o tema disponível em nosso catálogo!

Como ensinar Geografia para estudantes que dependem do tato, do olfato e da audição? E como ensinar estudantes que tem a visão, mas não a audição? Estes questionamentos levaram os professores Adriany e Sampaio a pesquisar sobre o Ensino e a Aprendizagem da Geografia voltados para atender a todas as pessoas, nas suas mais diferentes dificuldades e potencialidades. Com eles outros pesquisadores e pesquisadoras se dispuseram a pensar como poderiam colaborar e melhor atender estudantes com Déficit de Atenção, com Deficiência Física, Deficiência Intelectual e também com as Altas Habilidades. O objetivo de cada investigação busca principalmente conhecer a potencialidade do estudante, tomando como ponto de partida o conhecimento sobre a deficiência, mas tendo como limite as infinitas possibilidades da educação, do respeito e da solidariedade.

COMPRAR

Achou interessante? Acompanhe nosso blog para mais conteúdos como esse!

Fundada em 2009, é uma editora voltada para a publicação de conteúdos científicos de pesquisadores; conteúdos acadêmicos, como teses, dissertações, grupos de estudo e coletâneas organizadas, além de publicar também conteúdo técnico para dar suporte à atuação de profissionais de diversas áreas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.