fbpx
Fatos_blog
Conteúdos Paco,  Paco na Imprensa

UFRGS tem 21 cursos classificados no QS World University Ranking by Subject 2022

QS World University Rankings by Subject divulgou os resultados de sua avaliação anual dos cursos universitários por áreas de conhecimento. Em sua 12ª edição, 1.543 instituições do mundo todo foram avaliadas, sendo 32 brasileiras, em relação a 51 disciplinas (cursos) em cinco grandes áreas: Artes e Humanidades; Engenharia e Tecnologia; Ciências da Vida e Medicina; Ciências Naturais; Ciências Sociais e Administração.

A UFRGS teve 21 cursos classificados conforme os critérios de análise, ultrapassando o ano anterior, quando 17 cursos foram classificados. Nesta edição quatro cursos entraram no ranking, são eles: Odontologia, Psicologia, Matemática e Direito. Novamente os destaques foram os resultados nas Ciências da Vida e Medicina (272ª posição geral e 4º colocado no país) e nas Artes e Humanidades (395ª posição geral e 5º colocado no Brasil). Nesses âmbitos distinguiram-se as subáreas de Odontologia (posição 51-70), Farmácia e Farmacologia (151-200), Linguística (201-250), Medicina (201-250), Psicologia (251-300) e Línguas Modernas (251-300). Outras subáreas destacadas, que figuram entre 201-250 são Sociologia, Meio Ambiente e Agricultura e Silvicultura.

As classificações das demais áreas foram: Ciências Naturais (401-450º, 5º no Brasil), Engenharia e Tecnologia (451-500º, 7º no Brasil), e Ciências Sociais e Administração (451-500º, 6º no Brasil). “Os cursos da área da saúde se saíram muito bem, incluindo o de Psicologia, já os de Matemática e Direito alcançaram posições de destaque. O curso de Odontologia está entre os quatro melhores do país. Isso consagra os esforços de pesquisadores, professores, estudantes, e a comunidade acadêmica como um tudo”, diz Soraya Tanure, secretária de Avaliação Institucional (SAI).

O levantamento é o maior do tipo no mundo e considera os seguintes critérios: reputação acadêmica, reputação por parte do empregador, citações de pesquisa por artigo, produtividade e impacto das publicações, sendo que o maior escore da UFRGS foi no indicador “citações por artigo”.

Fonte: UFRGS

Achou interessante? Clique aqui para mais informações.

Fundada em 2009, é uma editora voltada para a publicação de conteúdos científicos de pesquisadores; conteúdos acadêmicos, como teses, dissertações, grupos de estudo e coletâneas organizadas, além de publicar também conteúdo técnico para dar suporte à atuação de profissionais de diversas áreas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.