fbpx
Estrutura do TCC
Artigos,  Conteúdos Paco

Estrutura do TCC

Autor: Marcos Rogério Martins Costa

Revisado por: Grabrielle Fontes

Saber onde colocar exatamente as palavras e como coloca-las no texto são as duas maiores dúvidas. Eles vivem me perguntando isso. Eu sempre digo que cada texto tem um exigência, um modo de se fazer, enfim uma estrutura. As palavras são inseridas dentro dessas estruturas, como engrenagens. Então a partir de agora, vou fazer um resumo de tudo que precisa ter para deixar o seu TCC sensacional. Em outras palavras, vou dar a estrutura do TCC.

Em geral, o TCC possui três partes: (1) elementos pré-textuais; (2) elementos textuais; (3) elementos pós-textuais. Vou explicar os principais subitens que se encontram em cada uma dessas três partes. 

Existem alguns elementos pré-textuais que são imprescindíveis, a saber:

  • Capa

É item obrigatório, deve ter o autor no alto, o título do TCC no centro e a cidade e o ano embaixo quase no rodapé.

  • Folha de rosto

Também é item obrigatório e deve constar na folha o nome do autor, o título, a natureza do trabalho e o objetivo da apresentação, nome do orientador e embaixo no canto, a cidade e o ano.

  • Folha de aprovação

Esse é outro item obrigatório. Nela, deve contar o título do trabalho, a data, os nomes dos membros da banca, incluindo o orientador, e o parecer final da banca.

  • Dedicatória

É item opcional, mas é nessa folha que você dedica o trabalho que escreveu para uma pessoa especial.

  • Agradecimento

É também um item opcional, mas é nesse momento que você pode agradecer a todas as pessoas que te ajudaram no processo de produção do trabalho (se quiser pode me incluir, vou ficar muito feliz!).

  • Epígrafe

Trata-se de uma citação de algum autor que se relaciona com o que foi escrito em seu trabalho. É também opcional.

  • Resumo

Pequena apresentação do conteúdo apresentado em seu TCC. Em geral, é feito em um único parágrafo, contendo de 200 a 500 palavras, nas quais o autor indica quais foram seus objetivos neste trabalho, a metodologia que utilizou, a fundamentação teórica em que se embasou e os resultados que conquistou ao final da pesquisa. É item obrigatório, além disso, a instituição pode solicitar que esse resumo tenha de três a cinco palavras-chaves e ainda que ele seja traduzido para o inglês (abstract). 

  • Listas opcionais 

Pode ter listas específicas de tabelas, gráficos, figuras, abreviaturas e anotações, sempre indicando as páginas em que se encontram. É item opcional.

  • Sumário

É item obrigatório. É nessa página que são indicadas todas as divisões do trabalho e as páginas em que elas se encontram, ou seja, é aqui que são apontadas as páginas dos capítulos e seus respectivos subtítulos.

Todos esses tópicos da parte pré-textual, alguns obrigatórios e outros opcionais, são indispensáveis para um trabalho bem feito e em acordo com as normas da ABNT. São regras básicas e independentes do modelo de trabalho que a sua instituição te pedir, pois continuarão valendo para todos os trabalhos científicos escritos no Brasil e na maioria dos países estrangeiros.

Além desses elementos pré-textuais, existem os elementos textuais. É nessa parte que se concentra, de fato, a sua pesquisa. É também a parte que mais possuirá páginas em seu trabalho e, consequentemente, exigirá maior esforço. Cada pesquisa delimitará uma forma mais detalhada ou mais geral de compor os capítulos desta parte, todavia, em suma, a estrutura geral do texto será a mesma, a qual explicaremos a seguir. 

  • Introdução

Nesse momento, você deve apresentar o seu trabalho ao leitor, mostrando basicamente: (i) os objetivos que foram perseguidos durante a pesquisa, (ii) a justificativa do tema; (iii) a metodologia aplicada; (iv) a fundamentação teórica que embasou o estudo; (v) o material que foi coletado e analisado; (vi) a explicação da sequência dos próximos capítulos do TCC. Em geral, essa parte deve ter no mínimo duas páginas e no máximo cinco.

  • Desenvolvimento

Esta é a parte mais importante do seu trabalho e precisa de muita atenção e cuidados. Esse é o momento que você pode desenvolver todo o seu conteúdo e mostrar para o mundo o quão pertinente é o seu tema.  Se jogue, mostre todo o seu gingado e a sua potência, esta parte é sua e só você pode marcar o gol. A quantidade de páginas e o conteúdo dos capítulos variam bastante a depender do autor, do orientador, da instituição, etc.; mas, em geral, três grandes temas são tratados a partir do objeto de pesquisa escolhido no TCC, a saber: (1) Pressupostos teóricos e Métodos; (2) Análise dos dados; (3) Discussão dos resultados. 

  • Conclusão ou considerações finais

Aleluia que já chegou nessa parte! Mas não faça qualquer coisa porque já está cansado, pois é aqui que você pode fechar com chave de ouro o seu desenvolvimento. Aqui você deve colocar que alcançou os objetivos do seu trabalho e que seu trabalho contribuiu para o ambiente acadêmico, trazendo resultados satisfatórios para os questionamentos iniciais, problematizados lá na introdução. Por isso, recomenda-se ler a introdução antes de escrever as considerações finais de seu TCC, pois uma deve projetar a outra – sem isso, seu texto ficará sem coesão e coerência.  Preste atenção, porque a conclusão é uma das partes onde você pode colocar tudo a perder se não tiver cuidado. Faça a sua introdução conversar coerentemente com a sua conclusão.

Ok! Ok! Você acha que chegou ao fim na conclusão? Só que não!

Ainda têm os elementos Pós-Textuais que também são muito importantes. 

E aqui vão eles…

  • Referências 

Você deve listar todas as suas referências de pesquisa, sempre em ordem alfabética e conforme as normas da ABNT. Não é para pôr tudo que você leu durante a pesquisa ou até antes dela. Não é isso.  É simplesmente para disponibilizar todas as referências que você citou dentro do texto do seu TCC ao seu leitor, só isso e nada mais. É item obrigatório, sem choro nem vela.

  • Apêndices e anexos

Liste se quiser documentos ou outras leituras que serviram de apoio para o conteúdo principal.  Apêndice é um material complementar que você produziu para o seu TCC, como, por exemplo, uma entrevista, um esquema comparativos de livros, dentre outros. Anexo é um material complementar que não é de sua autoria, mas que você considera importante incorporar ao TCC para facilitar a compreensão de seus dados, como, por exemplo, a entrevista que outro pesquisador fez mas você utilizou como material de apoio principal em sua análise. São elementos complementares ao texto, portanto são itens opcionais.

  • Glossário

O Glossário é opcional e nele você pode colocar os significados de termos incomuns utilizados no trabalho. Por exemplo, você utilizou termos do Direito Penal mas sua banca não é composta por advogados, seria interessante colocar um pequeno glossário para seus leitores de alguns termos do Direito que você fez uso em seu texto.

Até aqui deu para entender direitinho? Na verdade o TCC não é uma coisa absurda, ele é muito simples se você tiver dedicação e empenho para executá-lo. Mas, se em algum momento surgir alguma dúvida sobre a estrutura, entra em contato comigo que o professor está sempre aqui para te ajudar. Siga essa estrutura e você terá sucesso!

Sobre o autor Prof. Dr. Marcos Rogério Martins Costa:

Prof. Dr. Marcos Rogério Martins Costa

Doutor e Mestre em Letras pelo programa de pós-graduação em Semiótica e Linguística geral da FFLCH-USP; Graduação em Letras (bacharelado e licenciatura), nas habilitações de Português e Linguística pela Universidade de São Paulo. É atualmente Professor Substituto no Instituto de Letras da Universidade de Brasília (UnB) e Revisor de ABNT da Universidade Aberta do Brasil, lotado no Centro de Educação a Distância da UnB. Membro da Academia Contemporânea de Letras (ACL), ocupando a cadeira 21, cujo patrono é Érico Veríssimo e do Grupo de Estudos Linguísticos do Estado de São Paulo – GEL, desde 2010. Possui experiência em Língua Portuguesa, Linguística Geral, Semiótica, Análise do Discurso (AD-Francesa) e Estudos do Círculo de Bakhtin. Suas outras áreas de interesse são Ciências da Linguagem, Modelos de Ensino e Aprendizagem e Novas Mídias.

ORCID: https://orcid.org/0000-0002-4627-9989

C.V. Lattes: http://lattes.cnpq.br/1948149291517472

Fundada em 2009, é uma editora voltada para a publicação de conteúdos científicos de pesquisadores; conteúdos acadêmicos, como teses, dissertações, grupos de estudo e coletâneas organizadas, além de publicar também conteúdo técnico para dar suporte à atuação de profissionais de diversas áreas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *