fbpx
Dicas_de_escrita
Conteúdos Paco,  Serviço

Dicas de português: o emprego do “A” e “Há”

Que o português é uma língua difícil e com diversos questionamentos não há dúvidas. Com diversos termos e opções linguísticas, até os mais experientes podem se confundir com alguns termos, incluindo a diferença entre o A e o Há.

Logo de início, muitos podem pensar que essas duas opções, tão parecidas, podem ser usadas em qualquer momento. Entretanto, assim como todas as escolhas da nossa língua, o uso de cada uma têm ligação direta com a construção da frase e o sentido que queremos dar para cada sentença.

Está com essa dúvida e precisa saber quando utilizar cada um dos termos? Então aproveite para conferir o conteúdo completo e aprenda de uma vez por todas!

Diferença entre o A e Há

Antes mesmo de aprender quando deve ser feito o uso de cada alternativa, o primeiro passo é saber o que cada uma delas significa e quais são as diferenças.

A dúvida entre o uso de cada alternativa surge por conta do som, afinal, quando estamos falando a frase não conseguimos perceber a diferença que existe, fator que precisa ser levado em consideração quando o foco é a escrita.

O A, sem h e sem a crase, indica que existe um artigo antes da palavra. Entretanto, o Há, com h e crase têm relação com o verbo haver. Sendo assim, temos opções diferentes, uma que resulta em artigo e outra em verbo.

Mais do que a dúvida sobre o emprego correto, o fato de ser tão diferente está relacionado com o sentido que desejamos dar à frase, afinal, um verbo não deve ocupar o espaço de um artigo.

Sendo assim, um bom exercício é sempre levar em consideração o sentido que buscamos dar para cada frase, pensando nas palavras corretas que devem ser empregadas para que o sentido seja exatamente como o esperado.

É importante ter em mente que um simples erro é capaz de mudar toda a importância de uma frase, causando sérios problemas para aqueles que estão lendo e que podem não entender o seu pensamento ou objetivo com aquela escrita.

Quando devo usar o A?

Agora que você já compreendeu a diferença na prática, esse é o momento de ver a mudança acontecendo na realidade.

Afinal, nada melhor do que acompanhar alguns exemplos para entender quando cada um dos empregos deve ser feito, não é mesmo?

Esse termo, como está, pode ser utilizado para marcar tempo e futuro, ou seja, aquilo que ainda não aconteceu. Exemplos: estamos a dois minutos da escola; estamos a dez minutos de casa.

O uso deve estar relacionado com as situações em que não existe a necessidade de ocupar o mesmo espaço de um verbo.

Quando usar o Há?

Por outro lado, o há só deve ser utilizado quando existe a necessidade do haver. Um bom exercício é sempre substituir esse há por existir. Se for possível manter a frase sem alterações, o uso correto é do verbo. Exemplo: há muito tempo não a vejo.

Gostou do conteúdo? Acompanhe o nosso verbo para conferir mais conteúdos como esse!

Livros com 60%OFF

Fundada em 2009, é uma editora voltada para a publicação de conteúdos científicos de pesquisadores; conteúdos acadêmicos, como teses, dissertações, grupos de estudo e coletâneas organizadas, além de publicar também conteúdo técnico para dar suporte à atuação de profissionais de diversas áreas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.