Cultura,  Estudantes,  Eventos,  Notícias Acadêmicas,  Pesquisadores,  Professores

Congresso Internacional de Arte, Ciência e Tecnologia: Seminário de Artes Digitais de 2019

Entre os dias 23 e 26 de abril de 2019, em equipamentos do Circuito Liberdade (Belo Horizonte/MG – http://www.circuitoliberdade.mg.gov.br/pt-br/), acontece o Seminário de Artes Digitais de 2019. O congresso de arte, ciência e tecnologia alcança a sua 5ª edição e tem como tema geral “Projeções e Memória da Arte” consolidando-se como um evento internacional com membros em seu comitê científico composto por doutores de instituições do Brasil e do exterior. A participação de eminentes pesquisadores do exterior já vem ocorrendo desde a edição de 2017, sendo que o evento ocorre desde 2015 de modo ininterrupto mobilizando imensa rede nacional e internacional de grupos, instituições, pesquisadores e artistas.

O 5º Seminário de Artes Digitais é organizado pelo Laboratório de Poéticas Fronteiriças (http://labfront.tk – UEMG/CNPq) a partir de comitê composto por membros de várias instituições (UEMG, CEFET-MG, UFSM, FAD/ICAT). A edição de 2019 é estendida e conta com o apoio de agências de fomento nacionais e diversos outros parceiros tais como grupos de pesquisa consolidados no país e no exterior.

O tema desta edição foi um consenso produzido a partir das discussões presentes sobre a memória da arte em todas as edições anteriores do congresso. Além disso, projetamos as discussões sobre a memória da arte e de outras ações do campo desde o dia de hoje para o futuro, o que permite que comunicações de pesquisas (e de produção de obras de arte) de várias temáticas possam ser apresentadas no evento sendo apresentadas para toda a comunidade científica.

As sessões plenárias e as conferências de nosso congresso trazem temas de áreas de interesse comum aos pesquisadores, professores e público, participantes do evento (tais como Artes, Ciência da Computação, Engenharias, Ciências da Vida dentre outras).

No primeiro dia, 23 de abril, terça-feira, teremos a Conferência plenária de abertura Tempo e memória nos filmes Fluxus com a Dra. Hanna Hölling (University College London | Bern University of the Arts), que acontecerá no auditório do BDMG, (rua da Bahia, 1600) e ao fim do dia teremos a abertura da exposição “PANORAMA”, no prédio Centro Cultural Escola de Design (UEMG) (rua Gonçalves dias, 1434) com performance Epilepsia: Micropause Abuse, de J.P. Caron e Henrique Iwao.

No segundo dia, 24 de abril, quarta-feira, iniciaremos as sessões plenárias com a participação de: Dra. Liza Felicori (ICB/UFMG) sobre o tema Biologia Sintética na pesquisa, inovação e divulgação científica; Dra. Adriana Gomes (IAD/UFJF) sobre o tema Proposições poéticas em arte; e Dra. Ana Cecília Rocha Veiga (ECI/UFMG) com o tema Interfaces interativas, realidade aumentada e inteligência artificial na arte e nos museus. As plenárias acontecem no auditório do BDMG (rua da Bahia, 1600). Ao fim da tarde teremos uma sessão de lançamento de livros no prédio Centro Cultural Escola de Design (UEMG) (rua Gonçalves dias, 1434).

No terceiro dia, 25 de abril, quinta-feira, receberemos para as sessões plenárias o Dr. Gilbertto Prado (PPG/AV/ECA/USP; PPG Design/UAM) e Dr. Marcos Cuzziol (Itaú Cultural) apresentando Alguns apontamentos sobre a restauração da obra digital “Desertesejo”, seguindo com a fala do Dr. Raúl Niño Bernal (Department of Aesthetics, School of Architecture and Design, Pontificia Universidad Javeriana of Bogotá/Colombia) sobre Metodologias das Ciências da Criação. As plenárias acontecem no auditório do BDMG (rua da Bahia, 1600).Ao fimda tarde teremos a performance “Lux Pulsamus”, de Daniela Ramos Garcia e equipeque sairá do prédio do BDMG Cultural (Rua da Bahia, 1600).

No dia quarto e último dia, 26 de abril, sexta-feira iniciamos as atividades com as sessões plenárias: Um livro guilhotinado é obra de arte? Processos de musealização de uma “velha mídia”,do Dr. Alexander Gaiotto Miyoshi (UFU); e Memória biológica, psíquica e coletiva na arte digital,da Dra. Andreia Machado Oliveira (LabInter/PPGART/UFSM). As plenárias acontecem no auditório do BDMG (rua da Bahia, 1600). Finalizamos a tarde e o evento com a Conferência plenária de encerramento: Os paradoxos da memória e suas consequências na arte tecnológica da Dra. Lucia Santaella (PUC-SP). Essa atividade também acontece no auditório do BDMG (rua da Bahia, 1600). O encerramento do evento será com a performance “Chaos das 5” dos grupos GTRANS, Movère e Orchidea e acontece no prédio do Museu Mineiro (Avenida João Pinheiro, 342).

Mais informações no Press Kit disponível aqui: http://artesdigitais.weebly.com/presskits2017.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *