Cultura,  Estudantes,  Eventos,  Institucional,  Notícias,  Notícias Acadêmicas,  Pesquisadores,  Professores

3° Encontro – Redes Digitais e Culturas Ativistas

Redes Digitais e Culturas Ativistas é um evento elaborado pelo Programa de Pós-Graduação em Linguagens, Mídia e Arte da PUC-Campinas. Sua primeira edição foi realizada em junho de 2016. O evento colabora com a interlocução entre programas da própria universidade e de outras participantes, recebendo trabalhos de pesquisadores de todo Brasil e também de outros países. A partir de uma perspectiva interdisciplinar, este evento busca promover o debate plural entre os participantes a fim de criar espaços que aproximem diferentes áreas do saber/fazer político, cultural e midiático.

Temática do III Encontro: A crise do humanismo e as consequências para a democracia.
Em sua terceira edição, Redes Digitais e Culturas Ativistas trata do tema “A crise do humanismo e as consequências para a democracia”. A conjuntura política e social que vivenciamos, tanto em nível nacional quanto mundial, coloca em evidência o advento de culturas contestatórias que provocam estruturas de poder, acendendo reflexões sobre práticas diversas. Neste ano, a temática do evento dialoga com esse cenário instigante e vivo da produção acadêmica e das práticas em movimentos sociais, coletivos artísticos, espaços educacionais, entre outros.

O debate aqui proposto sugere a reflexão sobre o advento de novas tecnologias que interagem com o ser humano e o desafiam. Essas tecnologias transformam o mundo do trabalho, tornam as cidades inteligentes, reconfiguram os cenários da comunicação, influenciam as decisões políticas dos cidadãos e impulsionam a geração de dados para diferentes atividades comerciais e não comerciais. As mudanças nas relações entre ser humano e tecnologia provocam instabilidades, inconstâncias e inseguranças em amplo espectro, gerando ataques à cultura, à democracia, à liberdade de ir e vir, às identidades, às formas de expressão e à arte. É nesse contexto de tensão, em que culturas ativistas afloram em busca de representatividade, contestação e visibilidade, que se pretende construir diálogos e reflexões.

O evento acontecerá nos dias 28, 29 e 30 de maio de 2019 no Centro de Linguagem e Comunicação, no campus I da Pontifícia Universidade Católica de Campinas. A programação conta com palestras, mesas de debate, workshops, exposição artística, exibição de documentários e apresentação de trabalhos. A fim de nortear os participantes, dividimos as temáticas em onze grupos de trabalho (GTs) que estão divulgados juntamente com a chamada de trabalhos.Os trabalhos que forem aceitos e apresentados durante o evento serão publicados em um caderno de resumos.

Confira a programação do workshops, cineclube e exibição de documentários do primeiro dia do Redes Digitais e Culturas Ativistas. As inscrições são gratuitas e feitas pelo site da PUC-Campinas. https://www.puc-campinas.edu.br/eventos/detalhes/?c=MzE4fDE= 28/05/2019. 14h – 16h – Workshops

Workshop de Stories no Instagram, com Denise Lourenço, sala 849-A

Workshop “Panorama da Pesquisa em Games e Gênero no Brasil”, com Beatriz Blanco, sala 849

Workshop de introdução ao vídeo 360 graus e realidade virtual, com Felipe Neves e Lucas Lespier, sala 833.

14h – 17 h – Cine-debate com o filme “BRAD: uma noite mais nas barricadas” (Direção Miguel Castro, 2007). Com Alexandre Sônego de Carvalho (MIS/Campinas). Prédio H1, Sala 800.

18h – 20h – Exibição de curta-documentários e debate com os diretores. Prédio H1, sala 800.

“Na Trilha do Boi Falô”, direção de Cauê Nunes (PUC-Campinas)

“Trilogia Incompleta”, dirigido pelo coletivo Quarta Pessoa do Singular (Felipe Neves, Juliana Garzillo e Lucas Lespier)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *