SINGLE BLOG ARTICLE

Na obra Ler o mundo com as mãos e ouvir com os olhos: reflexões sobre o Ensino de Geografia em tempos de inclusão, os autores Adriany de Ávila Melo Sampaio e Antônio Carlos Freire Sampaio se propuseram a refletir, observar e compreender as mais diversas dificuldades e potencialidades e mostrar que a educação pode ser, sim, ampliada, atendendo às necessidades de todos estudantes.

Os geógrafos Adriany e Antônio Sampaio reuniram, ao longo de anos de pesquisas, um estudo que busca auxiliar e aprimorar a formação do professor de Geografia, de forma a prepará-los para atender, da melhor maneira possível, as necessidades específicas de cada estudante, promovendo uma educação cada vez mais inclusiva. A obra Ler o mundo com as mãos e ouvir com os olhos: reflexões sobre o Ensino de Geografia em tempos de inclusão reúne suas pesquisas realizadas na área, possibilitando que os estudantes das licenciaturas estejam preparados para atuar na realidade educacional atual e que, assim, o ensino seja, finalmente, democratizado.

‘Ler o mundo’ é uma obra de leitura metodológica e agradável, que traz reflexões sobre o ensino da disciplina de Geografia, visando a formação de alunos com necessidades especiais. É uma obra rica que se une a luta pela ampliação do acesso ao conhecimento, dando destaque a pessoas que por tanto tempo foram excluídas da educação formal.

Vale conjeturar ainda que, em uma sala de aula, em relação às deficiências, o professor pode se deparar com alunos surdos, cegos, autistas, superdotados, hiperativos, dentre outras possibilidades. Sendo assim, é preciso que busquem metodologias que atendam a essas características, de forma que todos os estudantes tenham acesso igual ao conhecimento. Por isso, o grande destaque do livro, se dá pela ampla reflexão sobre a educação inclusiva, com o objetivo de permitir a democratização do ensino básico.

Os autores buscaram demonstrar as mais diversas situações e necessidades presentes na educação formal, com as quais os professores podem se deparar, mostrando situações e metodologias eficazes para o trabalho docente e o processo de aprendizagem do aluno. O que amplia as possibilidades e permite que os educadores estejam preparados para trabalhar com os mais diversos tipos de alunos – sejam eles com Déficit de Atenção, Deficiência Física, Deficiência Intelectual ou também com Altas Habilidades.

Adriany de Ávila Melo Sampaio, doutorada, mestra e licenciada em Geografia. É professora na Universidade Federal de Uberlândia e no Instituto de Geografia. Seu trabalho inclui a coordenação do Grupo de Pesquisa Espaços de Educação e Espiritualidade (GPEEE) e o Laboratório de Geografia e Educação Popular (Lagepop). Foi por meio do Lagepop que realizou inúmeras pesquisas, as quais compuseram os livros: Geografia e Anos Iniciais do Ensino Fundamental e Para Ensinar e Aprender Cartografia.

Antônio Carlos Freire Sampaio, doutorado em Ciências Militares e em Geografia. Mestre em Sistemas e Computação. Licenciado em Geografia. É professor na Universidade Federal de Uberlândia nas áreas de Cartografia, Geoprocessamento, Sensoriamento Remoto e Georreferenciamento. Realiza pesquisa sobre os temas relacionados a Cartografia, a Educação Inclusiva, a Estatística e ao Geoprocessamento.

Foi por meio dessas intensas pesquisas que os dois professores viabilizaram o presente livro Ler o mundo com as mãos e ouvir com os olhos: reflexões sobre o Ensino de Geografia em tempos de inclusão.

Compre agora o seu exemplar: https://www.pacolivros.com.br/nome_do_produto/prod-5554598/

RELATED POSTS

Palavras de Revolução e Guerra

Postado em 7 de janeiro de 2019

Contos de Fadas e Desenvolvimento Psicossexual: O Que Pensam e Dizem as Crianças, o Que Fazem os Professores

Postado em 7 de janeiro de 2019

Viviane G. Freitas – Feminismos na Imprensa Alternativa Brasileira

Postado em 20 de dezembro de 2018

Feitiço Caboclo: a trajetória de um indígena, no Brasil setecentista, para encontrar seu lugar na hierarquia social

Postado em 3 de dezembro de 2018

O cavalo na equoterapia: um livro marco, na história da equoterapia do Brasil

Postado em 3 de dezembro de 2018

Práticas para Aulas de Língua Portuguesa e Literatura: ensino fundamental

Postado em 19 de novembro de 2018

Memória e materialidade

Postado em 6 de novembro de 2018

Impacto das imagens digitais é tema de livro

Postado em 25 de outubro de 2018

Um Maravilhoso Imaginário

Postado em 23 de outubro de 2018

Livro da Paco Editorial é um dos premiados no 59º Prêmio Jabuti!

Postado em 12 de outubro de 2018

O itinerário pioneiro do urbanista Attílio Corrêa Lima, de Anamaria Diniz

Postado em 25 de setembro de 2018

Manual Jurídico da Escravidão: Império do Brasil.

Postado em 10 de setembro de 2018

Direto da Amazônia, livro revela como a castanha-do-pará ganhou o mundo

Postado em 25 de junho de 2018

História de Salvador Allende no Cinema de Patricio Guzmán

Postado em 9 de outubro de 2016

Glauber Rocha para todos: livro resgata processo criativo do mais famoso cineasta brasileiro.

Postado em 5 de setembro de 2016

Amizade em Tempos de Tecnologia e o impacto das redes sociais

Postado em 16 de outubro de 2015

“Todos na Produção”

Postado em 12 de outubro de 2015

Introdução à Sociologia da Juventude

Postado em 4 de outubro de 2015

Modernidade em Desalinho

Postado em 18 de outubro de 2014

Livro sobre gestão da comunicação será lançado na Aberje

Postado em 15 de outubro de 2014

Mercado Central

Postado em 21 de outubro de 2013

Comércio Exterior

Postado em 20 de outubro de 2013

Os Carnavais Cariocas

Postado em 7 de outubro de 2013

O Perfil do Gestor de Comunicação

Postado em 5 de outubro de 2013

As Relações Diplomáticas entre Brasil e Uruguai (1931-1938)

Postado em 12 de outubro de 2011

Comentários

Tem 0 Comentar post

ADD YOUR COMMENT