Estudantes,  Institucional,  Notícias Acadêmicas,  Pesquisadores,  Professores

Memória e Materialidade

A obra Memória e Materialidade, organizada pelas pesquisadoras Ana Teresa Marques Gonçalves e Luciane Munhoz de Omena, reúne um conjunto de textos que não só nos ajudam a entender o papel da memória para a construção do conhecimento histórico, seja este antigo ou não, mas que também fornecem um caminho para compreendermos as tramas que marcaram as civilizações antigas, que são, de certo modo, reinterpretadas no livro a partir da pesquisa mnemônica, documental e historiográfica e da subjetividade dos autores.

Divisão da obra

A obra reúne 12 textos, cada qual explorando certos aspectos sociais, culturais e econômicos da antiguidade. O primeiro texto aborda os elementos simbólicos, memoriais e materiais da Odisseia, que já foi, como sabemos, vastamente discutida por autores de diversos campos de conhecimento, sobretudo os que pertencem à Filosofia, a ciência do conhecimento.

Já o segundo, tem como ponto central de observação os manuscritos do mar morto à luz da arqueologia bíblica, oferecendo uma visão inovadora, capaz de mudar a nossa forma de perceber o objeto analisado.

O terceiro, quarto e quinto focam suas análises nos mitos de Enéias, no período augustano e na ritualidade de Araci Pacis de Augusto, respectivamente. Trata-se de visões que contribuem, de certo modo, para enriquecer o debate e somar, trazendo inovação para o conjunto de estudos já produzidos sobre a temática.

Os próximos capítulos da antologia seguem a mesma linha, trabalhando com elementos históricos que marcaram a época e quem pode nos ajudar a entender como funcionava as civilizações antigas e como os filósofos da época concebiam o mundo no qual estavam inseridos.

O livro é fundamental para qualquer que seja o pesquisador, pois fornece, de modo geral, a possibilidade de conhecer a história da sociedade humana, a partir de casos particulares, que, juntos, somam ao conhecimento já produzido sobre a temática.

Além disso, é essencial para os historiadores que buscam entender melhor a memória enquanto uma ferramenta metodológica capaz de contribuir para o avanço das Ciências Humanas. Logo, pode interessar a estudantes de História, Comunicação, Sociologia, Antropologia, Ciências Políticas, Geografia Humana, Direitos Humanos, Economia e tantas outras áreas que bebem do conhecimento histórico para realizar suas pesquisas e criar seus contornos e competências científicas.

É importante também para quem tem curiosidade de entender os aspectos sociais, políticos, culturais e econômicos que atravessaram a antiguidade e que ainda se encontram presentes na sociedade atual, resistindo ao tempo. Assim, pode interessar a qualquer cidadão.

Por fim, cabe dizer que a obra, por abordar certos elementos que fazem parte do imaginário popular mítico, pode ser interessante para os que não abrem mão de ler histórias marcadas por personagens que figuram como heróis, deuses, princesas, feiticeiras, etc.

Compre o seu exemplar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *