Estudantes,  Institucional,  Notícias Acadêmicas,  Pesquisadores,  Professores

“Todos na Produção”

A Paco Editorial disponibilizou em sua plataforma online mais uma obra inovadora e instigante, cujo título é Todos na produção: um estudo etnográfico das narrativas sônicas e raps em espaços urbanos populares. O livro, que possui 300 páginas, é de autoria de Luana Zambiazzi dos Santos.

Luana Zambiazzi dos Santos é doutora em música pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, professora do Curso de Licenciatura em Música da Unipampa e pesquisadora do Grupo de Estudos da Música pertencente à mesma instituição.

A obra está dividida em cinco capítulos. No primeiro, a autora se debruça sobre a sua experiência em relação ao objeto de estudo que dá sustentação ao seu livro. Ela chama essa relação adquirida com o objeto de estudo de metamorfoses em campo.

Em outras palavras, isso significa dizer que a autora, como pesquisadora, se envolve e é envolvida no processo de pesquisa, metamorfoseando-se, ou seja, ela modifica o objeto de estudo e é também modificada por ele. Ainda que essa não seja a principal intenção da obra, ao tratar disso, ela confronta o pensamento positivista, o que a torna ainda mais interessante.

O foco do segundo capítulo é nos percursos sônicos. Valendo-se da etnomusicologia como método, a obra se desenvolve tendo como condutores técnicos a observação e os relatos sônicos dos moradores da Cohab (conjunto habitacional), espaço escolhido pela autora para o desenvolvimento da pesquisa que fundamenta o seu livro.

Com um ouvido clínico, Zambiazzi descortina a rotina sônica dos moradores da Cohab, detalhando com esmero cada som que vibra naquele lugar, dos sons mais tímidos aos mais agitados.

O terceiro e o quarto capítulos são direcionados para uma abordagem sônica alinhada à diversidade cultural, às dimensões sônicas fora da escala ou da norma e às mesclas sônicas do campo de pesquisa com os seus atores sociais. Tem-se aqui uma oportunidade de conhecer a dimensão sônica em sua relação com os aspectos multiculturais que fazem parte de um lugar.

Pensar o lugar urbano popular como uma mistura de ritmos, de narrativas sonoras em disputas e de narrativas sonoras afetivas é o que dá fôlego ao quinto capítulo.

Todos na produção é o pontapé inicial para quem deseja abordar e analisar objetos de estudos que busquem relacionar narrativas sônicas e espaço urbano.

Ela nos faz pensar e refletir sobre como a música e a dinâmica sônica do dia a dia é reveladora, tanto do ponto de vista social como cultural, identitário e comunitário.

É leitura sugerida não só para os estudiosos da etnomusicologia, mas também para os estudiosos da antropologia e da sociologia do cotidiano.

Compre o livro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *