SINGLE BLOG ARTICLE

O livro As Relações Diplomáticas entre Brasil e Uruguai (1931-1938) – O Brasil de Getúlio Vargas visto pelo Uruguai de Gabriel Terra, lançado em 2017 pela Paco Editorial, traz aos leitores diversos dados históricos sobre o relacionamento político entre o nosso país e seu vizinho do extremo-sul.

Em 236 páginas de conteúdo histórico e político, Rafael Nascimento Gomes aborda como era a relação entre os presidentes dos dois países sul-americanos na época retratada. Ele também mostra como esse contato trouxe significativas mudanças aos dois lados, as quais podem ser analisadas e discutidas ainda nos dias atuais.

A obra é um apanhado geral e uma análise da história política que movimentou a região do Rio da Prata, sobre o qual desembocam os rios Paraná e Uruguai. O subtítulo do livro – “O Brasil de Getúlio Vargas visto pelo Uruguai de Gabriel Terra” – é uma alusão aos dois presidentes em exercício na época (1931-1938) e que travaram relações neste período.

O livro é dividido em três capítulos: “Antecedentes das relações entre Brasil e Uruguai”; “O Brasil de Vargas visto pelo governo constitucional de Terra (1931-1933)”; e “O Brasil de Vargas visto pelo governo ditatorial de Terra (1933-1938)”. Estes são separados em subcapítulos que traçam uma trajetória do relacionamento político entre os dois países.

Mais do que apenas demonstrar a relação e os fatos históricos que marcaram aquela época, Rafael prioriza a visão do nosso vizinho em relação às políticas internas e externas adotadas pelo então presidente brasileiro Getúlio Vargas.

O autor, porém, deixa clara a importância do Brasil para o desenvolvimento político do Uruguai, da mesma forma que demonstra o quanto esse vizinho foi importante para o nosso país.

Partindo de um período marcado por ditaduras em ambos os países, o autor traça a trajetória histórico-política dessas nações até os dias de hoje, marcados pela democracia.

Francisco Doratioto, historiador brasileiro, destaca que o livro aqui em análise é uma obra capaz de sintetizar a história política dos dois países em relação ao Rio da Prata e abrir o caminho para novos estudos sobre o tema.

Rafael Nascimento Gomes é professor, historiador e mestre em História pela Universidade de Brasília (UnB). Por estar muito ligado à história política e social não só do Brasil, mas da América Latina, ele busca entender, por meio de seus estudos, as relações entre Brasil, Uruguai e Argentina, bem como a história do Rio da Prata.

Atualmente, Rafael realiza a sua pesquisa de doutorado no Programa de Pós-Graduação em História da Universidade de Brasília (PPGHIS/UnB).

O autor também é membro do Núcleo de Estudos Latino-Americanos (Irel/UnB) e, paralelamente às pesquisas sobre o continente sul-americano, atua como professor em escolas privadas, cursinhos pré-vestibulares e instituições de ensino superior.

Compre agora o seu exemplar: https://goo.gl/etgybY

RELATED POSTS

Impacto das imagens digitais é tema de livro

Postado em 25 de outubro de 2018

Um Maravilhoso Imaginário

Postado em 23 de outubro de 2018

Manual Jurídico da Escravidão: Império do Brasil.

Postado em 27 de outubro de 2017

Livro da Paco Editorial é um dos premiados no 59º Prêmio Jabuti!

Postado em 12 de outubro de 2017

História de Salvador Allende no Cinema de Patricio Guzmán

Postado em 9 de outubro de 2016

Amizade em Tempos de Tecnologia e o impacto das redes sociais

Postado em 16 de outubro de 2015

Modernidade em Desalinho

Postado em 18 de outubro de 2014

Mercado Central

Postado em 21 de outubro de 2013

Os Carnavais Cariocas

Postado em 7 de outubro de 2013

O Perfil do Gestor de Comunicação

Postado em 5 de outubro de 2013

Comentários

Tem 0 Comentar post

ADD YOUR COMMENT